Como cuidar de uma criança com gesso pélvico podálico

Update! Eu finalmente fiz um post sobre como foi a recuperação após a retirada do gesso, você pode conferir aqui:

http://marimercer.wordpress.com/2013/01/28/fisioterapia-do-biel-femur/

Olá queridos!

O Biel já tirou o gesso! Uhúuu! Ainda não voltou a andar, está engatinhando e aos poucos ficando em pé, estamos acompanhando com uma fisioterapeuta (paciente ao extremo) e está tudo indo bem. Foram 31 dias de gesso, não foi fácil, mas tem hora que ligamos o automático e só pedimos a Deus para que o tempo passe logo. E não é que passou???

Mas eu quero postar aqui algumas coisas sobre como cuidar de uma criança com um aparelho gessado que além de limitar os movimentos, ainda é bem difícil de higienizar. Mas nada é impossível para uma mente criativa (oi?) e para quem vive na era da Fralda com Fecho em Velcro, há!

Primeiro os cuidados que todo gesso merece ter:
(Dr Celso Rizzi)
1- Esperar o gesso secar, se possível, ao sol e mantê-lo descoberto até que esteja completamente seco (24 – 48 horas).
O aparelho gessado parece inicialmente seco, mas estará em sua forma mais resistente apenas após 48 hs, por isso não apóie em nenhum local duro antes de completar este tempo porque poderá danificar o gesso e comprimir o membro imobilizado.

2- Manter o membro imobilizado na posição orientada pelo médico.
As imobilizações ao nível do membro superior devem iniciamente estarem em uma tipóia para evitar um edema ao nível dos dedos. Nos membro inferiores as primeiras 48 hs são importantes devido ao edema que se faz após o trauma inicial, por isso mantenha as pernas elevadas.

3 – Ao tomar banho, proteger o gesso de forma que o mesmo não entre em contato com a água (não molhar).
O gesso em contato com a água acaba amolecendo e se tornando quebradiço, por isso pode se tornar ineficaz e também prejudicar o tratamento ortopédico.

4- Não colocar nenhum objeto dentro do gesso, como por exemplo: caneta, lápis, régua e outros objetos pontiagudos.
Os objetos perdidos dentro do gesso provocam dores e com o passar do tempo podem causar uma ferida ou até uma úlcera.

5- Não apoiar sobre nenhum local rígido o membro imobilizado, se não for autorizado pelo seu médico.
Como dito anteriormante, o aparelho gessado danificado pode provocar compressão e causar uma lesão na pele ou mesmo em casos mais graves uma síndroma compartimental.

6 – Movimentar os dedos das mãos ou dos pés e demais articulações (“juntas”), não-imobilizadas, em todas as direções, várias vezes ao dia.
Esta movimentação tem duas finalidades: primeiro melhorar a circulação de retorno e evitar o edema de extremidade e segundo manter o tônus muscular e facilitar a reabilitação caso haja necessidade após a retirada do gesso.

7 – Procure atendimento médico urgente se:
– o gesso estiver apertado, com inchaço e palidez nos dedos;
– o gesso estiver amolecido quebrado;
– sentir dor forte e contínua, com dormência ou formigamento;
– apresentar febre.

Pelos cuidados básicos postados acima, percebe-se que: molhar o gesso, de jeito nenhum! Mas o gesso do Biel passa por lugares úmidos, de onde saem coisas fedidas (xixi e coco) e aí #comofaz?

O médico falou que era pra por uma fralda por cima e ir trocando, que ia molhar e feder mesmo, jogar um talco pra disfarçar.

Mas “jaméeeee” que eu ia me contentar com isso, a enfermeira no hospital já me deu um toque: “põe uma fralda por dentro”, e deu uma piscadinha.

E como talvez alguns pais desesperados (como eu estava) por alguma solução de como trocar fralda numa criança com gesso pélvico podálico possam aparecer por aqui em busca de informações úteis além de um drama familiar, resolvi fazer um PAP (Passo a Passo) de como trocar a fralda de uma criança com gesso PP (vamos apelidar ele de pepê que fica mais bonitinho):

Outra dica importante, se a parte de trás do gesso por ser muito grande ficar muito perto do bumbum, peça para o médico cortar um pedaço, fica melhor pra higienizar.

Nas bordas do gesso convém colocar um micropore (esparadrapo maciozinho) principalmente na parte de trás perto do bumbum. Assim evita que o gesso suje com fezes.

Para dar banho eu forrava o berço do Biel com plástico (abri 2 sacos de lixo de 50 litros) e depois com uma toalha.

Colocava uma bacia vazia em cima da cabeceira do berço e separava uma jarra com água morna. O Daniel segurava ele pela alça do gesso e pelas costas deixando a cabeça mais baixa que o corpo para não escorrer água na parte de trás do gesso.

Eu lavava a cabeça dele o Daniel deitava ele no berço, eu tirava a bacia e o corpinho eu lavava com uma fraldinha com sabão e água e depois enxaguava com uma fralda só com água.

Tomava sempre o cuidado de depois de usar a fralda nas partes íntimas não usar mais em outras partes, então deixava essa por último.

Depois secava com a toalha e passava talco onde eu conseguia por dentro do gesso para deixar um cheirinho bom e sequinho. colocava a fralda, a camiseta e pronto.

No inverno não sei como seria, porque não tem como colocar calça, mas se fosse o caso eu improvisaria com um meião tanto na perninha que estava com meia parte engessada quanto com a outra que estavam só os dedinhos do pé para fora.

Agora vamos de fotinhos do Biel desde o hospital (pedindo pra tirar foto com o óculos) até o ultimo domingo de gesso onde fomos comer um lancinho no Mc Donalds e o Daniel derrubou quase um litro de coca em mim… pois é.

Quero agradecer a todos que deram força pra gente durante essa fase difícil, seja pela internet, telefone,  seja vindo aqui (Kaká, te amo flor!) e muito obrigada mesmo pelo aniversário que vocês (Jana, Leo, Bela, Luizão, Gisele, Alexandre, Karine, Des, e todo o pessoal de Ribeirão Preto) proporcionaram pro Biel, ele amou o presente, tem brincado com ele todos os dias!

O próximo post eu quero fazer sobre a fisioterapia, e quem sabe sobre o segundo momento  “primeiros passos” do Biel? Torçam, porque eu não vejo a hora!!!

BjoS!

 

34 Respostas

  1. Oi Mari! Que post legal!!! Que bom que o Biel tirou o gesso também. Gostei do passo a passo, é bom toda mãe saber essas dicas, se fosse comigo juro que não saberia nem por onde começar.

    Beijos

  2. Minha Flor obrigada pelas dicas
    minha filha que tem mielomeningocele vai colocar ,ela tem uma luxação na coxa e tem incontinência urinária.
    Eu estava desesperada mas agora estou mas tranquila.
    beijos e mais uma vez muito obrigada.

  3. Quero agradecer pelas dicas com o gesso. Neste momento estou num quarto do hospital onde meu filho está internado na tração. O tombo dele foi parecidíssimo com o do seu filho, só que no caso do meu ele estava tentando chutar uma bola. A fratura foi no femur também da mesma maneira. Nossa já estava apavorada aqui em pensar como faria a higienização. Muito obrigada mesmo! Meu filhinho tem 1 ano e 7 meses. O médico aqui nao deu anestesia e nem colocou no lugar o osso.Colocou a perna na tração e estamos aguardando o calo osseo para colocar o gesso pelvico podalico. Abraços.

  4. Poxa, eu sei bem o que é isso.
    meu filho de 03 anos acabou de tirar o gesso. teve fratura da diafise do femur, agora iremos iniciar a fisioterapia. diz pra mim como é que foi essa fase pra voces. abraços.
    Excelente post.

  5. querida amiga me socorre .minha filha de tbm estava com esse gesso( fratura de femur ) e tirou a uma semana….mais não voutou a andar ainda…..só engatinha e anda de bibi (valotrol )estou muito triste por achar q o pior pode acontecer.sabe …estou muito agoniada,quanto tempo o biel voutou a andar …por favor me responda e me ajude ,… me add no meu kut ( glaucialealn.c@gmail.com)bjsssss

  6. Ja te mandei um email :)
    BjoS!

  7. Ola nesse momento estou sentada no sofa do hospital e minha filha de 10 anos teve luxaçào no quadril e tivemos que fazer a redução e ela acaba de entrar no quarto com esse gesso. Confesso q estou desesperada, ela tem SIndrome de down e esta muito nervosa. O medico disse q ela ficara assim por pelo menos 3 meses. Se puder me contar como conseguiu passar por isso te agradeço pois eu estou muittooo triste. bjs Cassia

    kcia.camargo@terra.com.br

  8. Querida muito obrigada pelas palavras tão esclarecedoras commas quais vc descreveu todo o cuidado !Confesso que sai do hospital ontem achando que já sabia tudo ,mas adorei a dica do hidro poro no gesso,vou adotar.agora já estou mais aliviada por saber que tenho companhia pra essa hora dificil!
    Que Deus te abençoe !!Beijos no Abiel!

  9. A UMA SEMANA MEU FILHO DE 1 ANO E 7 MESES FRATUROU O FÊMUR PULANDO NO COLCHÃO QUE ESTAVA NO CHÃO, NÃO ENTENDI COMO PODE ACONTECER ISSO MAS LENDO ESSES DEPOIMENTOS FIQUEI MAIS CONFORTADA POIS TODA HORA QUE PENSO E VEJO ELE QUERENDO SAIR DESSE GESSO PRA VOLTAR A BRINCAR CHORO.MAS AGRADEÇO A MARILIA POR ESSA ÓTIMA IDÉIA DE ABORDAR ESSE ASSUNTO.MUITO BOM.BJUS E FIQUEM COM DEUS.

  10. Muito obrigada pelas dicas,.
    Minha filha tem 5 meses e tem Doença displasica do quadril, fez cirurgia há 5 dias e está engessada desde o peitinho ate os pés. está sendo muito difícil para nós. Mas com essas dicas ficou masi fácil de higieniza-la.
    Valeu!

  11. minha filha trou o gerso pelvico tem 15 dias ,mas ainda nao anda,o medico falou que nao precisa de fisioterapia, pois movimenta os membros todos,mas aind anao anda,como tempo tem que ela passou a andar? me responda helenicegedeon2gmail.com

  12. Suas dicas foram muito uteis para mim, nesta fase de gesso, q e dificilima….Nao recebi dica do pessoal da enfermagem nem do medico e agradeco muito as suas informacoes.Alias, meu filho de dois anos escorregou no chao molhado e fraturou o femur. Outra dica q considero tb muito importante, seria a compra de um carrinho super confortavel, q recline bastante ( comprei da Peg-perego-Pliko). Meu filho ja nao usava mais este tipo de carrinho, mas nos foi suuuuuper util! Abracos e forca para todos nos!

  13. Foi um mês de fisio e mais umas 2 semanas para andar normalmente.

    BjoS!

  14. Quantos anos seu filho tem? meu sobrinho tem 4 anos quebrou o femur dia 25 de janeiro e até agora nao tiramos, muita confusao no hospital publico, e vi que o seu so ficou com gesso 31 dias o meu ja tem 36 dias e to louca pra tirar, me responde por favor.

  15. Meu filho ia fazer 2 anos quando quebrou o femur. Agora ele tem 4 :)

    Ficam em media até uns 3 anos 1 mês com o gesso, a medida que vai ficando mais velho demora mais tempo pra cicatrizar o osso.

    BjoS!!!

  16. Meu bebê Bernardo (9 meses), teve uma infecção no fêmur ao nascer e decorrente dessa infecção teve uma luxação no quadril. Desde o 1 mês de vida ele não movimentava a perna direita, ele usou um colete chamado de Pavlik e depois isso passou e ele já até engatinhava e ficava de pé apoiando nos móveis. Achamos então que estava tudo certo e que não iria precisar ser feito mais nada. Acompanhando no Hospital SP, os médicos marcaram uma cirurgia para colocar o osso no lugar e o GPP, surtei na hora… Mas graças a Deus deu tudo certo, hoje dia 19/03/12 completou uma semana da cirurgia. Espero que o tempo continue passando assim rápido, pq ele vai ficar com o GPP de 6 a 8 semanas.
    Obrigada pelas dicas, ajudou bastante, mas como meu bebê é pequeno a parte em que fica aberta do pipi é muuuito pequena, e não é facil colocar a fralda por dentro. Mas a criatividade e intuito de mãe ajudam um pouco. Beijos.

  17. Marilia Mercer li com muita atenção seu depoimento seu relato sobre seu filho,vc é uma mãe maravilhosa Deus te abençõe,estou passando por esse proceço estou muito triste pois minha sobrinha tirou o gesso e sua perna parece ter ficado um pouco mais curta e o medico diz que é normal,vc concorda com isso?seu filho tbm ficou assim,ele disse que volta com o tempo estou muito preocupada…bjos fica com Deus.

  18. Olá … estava vendo o gesso que o Biel usou , fizeram um gesso muito bem feito , pois meu Rafa está com gesso há 2 semanas e esta horrivel para trocar e fora que o gesso está esfarelando … Mas ele está super tranquilo graças a DEUS , não dá trabalho , ele caiu em cima da cama pulando … pulou e caiu com uma perna para frente e outra para trás ! mas vale a experiência .Bjus

  19. É normal sim :)
    Demora um pouco para parecer igual, fiquem tranquilos!

    BjoS!

  20. Minha filha de 2 anos tem Luxação congenita dos quadris e fará 2 cirurgias, ficando no mínimo 6 meses com gesso cruro podalico. Obrigada por dividir sua experiência, me deixa mais preparada p/ o que virá. Aline.

  21. Olá eu de novo .. o Rafa vai ficar mais 33 dias de gesso , serão 70 dias ao total um sofrimento pelo fato de ser tão bebê … e gostariamos de ve-lo brincando no chão , correndo , dançando , mas de resto graças a DEUS ele é muito tranquilo e estamos conseguindo mante-lo calmo .. com lápis, cadernos, xuxa, galinha pintadinha … Patati Patata … Bjus

  22. oiee mari nossa aconteceu a mesma coisa com meu filho suas dicas foram muito uteis so gostaria de saber como foi depois a fisioterapia e depois voltar a andar e se agora as perninhas estao iguais!!!bjus agradeço pela sua atençao

  23. Oi Mari obrigada pelas dicas!!hj tem 12 dias que Nicolas meu pimpolho colocou o gesso e eu naum vejo a hora dele tira!!me conta como foi a fisioterapia e quanto tempo depois seu filho começou a andar? bjuuus e ate mais

  24. Boa Noite;
    Muito boas suas dicas, meu moleque está com 1 ano e 11 meses e fraturou o fêmur no dia 17/05 após passou por um processo de tração de uma semana nesse tratamento era monitorado a cada dois dias por raio x, após passou por procedimento de tração manual por vídeo e após engessou somente uma perninha e o pé ficou num angulo de 90. Quanto a limpeza do xixi ficou muito ruim pois as vezes entra dentro do gesso e o mesmo fica meio úmido e acaba ficando meio mole, está tudo meio recente e a gente está preocupado com a situação. Abraços

  25. olá mães e Marilia!

    minha nenen de apenas 7 meses tb fraturou o fêmur em uma queda da cama….agradeço por vc ter colocado essa informações aqui pq além de me confortar um pouco foram muito úteis!!realmente o gesso do Gabriel foi muito mais bem feito que o da Melissa, mas eu acabei achando uma fralda que deu certo para cuidar! Muito grata porque quando ela chegou de gessinho eu fiquei desesperada e esse foi um dos poucos lugares que eu consegui alguma orientação e um certo consolo pro meu coração que ficou muito apavorado.ela tirou ontem o gesso, depois de longos 35 dias e agora aos poucos acho que vai retomando os movimentos. o ortopedista disse que não precisa de fisioterapia, mas eu vou consultar o pediatra a esse respeito…enfim, queria mesmo agradecer por vc ter compartilhado conosco essas raras e importantes informações!!! Deus te abençoe a ao seu filho pra sempre!

  26. Minha filha de 2 anos e 3 meses, fraturou o femur no dia 02/11, serao 45 dias engessada, gesso pelvico. Em relação a higiene, estava sem saber como fazer, o cheiro do xixi misturado ao do coco esta insuportável, o medico aconselhou colocar absorvendo noturno, mas nao adiantou. Suas dicas foram valiosas. Mas admito que estou começando e entrar no desespero, pois ve-la assim corta o coração. Estou grávida de 4 meses e esta sendo muito dificil. Farei hoje mesmo as dicas que vc postou. muito obrigada!

  27. Oi Raquel!
    Essas fraldas novas são uma mão na roda nessas horas!
    Não se desespere, vai passar!
    Eu acabei “encomendando” outro bebê bem na época do gesso rs…
    Nas últimas semanas da fisioterapia estava grávida :)

    Que tudo isso passe muito rapido pra vocês!

    BjoS!

  28. Marília, realmente vc soube nos passar o passo a passo direitinho… Minha filha (1 ano e dez meses), a dois dias, brincando de pular na cama, acabou cainha e tendo uma fratura total do fêmur. Depois de um dia todo no hospital, fez o procedimento (redução) e podemos voltar para casa.
    Ela nao conseguiu dormir na primeira noite, pois toda hora se espantava. Daí no outro dia ela estava muito cansada e com sono e nao conseguia dormir… Levamos, então, para um ortopedista e ele falou que estes sustos que ela tomava dormindo era normal, devido a sua condição, mas depois de uns quatro dias, se adaptaria.
    Hoje (terceiro dia), ela está mais quietinha. O único problema é a higienização, que vc ajudou muito!
    Muito obrigado mesmo!

  29. Oi Mari ,a minha bebê vai passar pelo mesmo que o biel,eu gostaria de saber se mesmo com gesso ele conseguia sentar? há.vc está de parabéns pelo post ,se não fosse por ele não saberia como ia cuidar da minha filha,bjs .

  30. Olá, Mari. Muito obrigada por seu post e hj, msm bastante tempo dps, vc ainda consegue ajudar mtos pais desesperados. Sou fisioterapeuta, (trabalho em UTI Neonatal e Neuropediatria) mas mãe em 1º lugar. E qdo é com nosso filho, parece q a gente esquece de td.
    Lucca quebrou o fêmur no dia 29/11, com 3 anos e 8 meses. Estávamos de malas prontas para férias em famílias, mas Deus permitiu q isso acontecesse e só Ele sabe o pq.
    Mas foi desesperador ver o qto meu filho sofreu, seus gritos de dor… Ficamos no hospital por 16 dias em tração e, no 17º foi colocado o gesso pélvico podálico, para então podermos ir para casa. Como sofremos!
    Também não fomos orientados quanto à higienização e, desesperados, viemos para a internet, onde achamos seu blog. Posso dizer q vc foi nossa salvação, pq seguimos o passo a passo da fralda, embora só usemos como precaução para dormir, pq Lucca já não usa mais fralda, mas morro de medo de “vazar” a noite, mas nesses dias tds não aconteceu! Na hr de evacuar é uma luta, pq ele não aceita colocar a fralda, pq já diz q é um rapazinho! rsrs. Pra converncê-lo para usar para dormir já foi difícil…
    Enfim, se Deus quiser dia 30 ele tira o gesso. Estamos mais do q ansiosos!!! E aí a mamãe q vai ser a fisioterapeuta dele rsrsrs.
    Gostaria de saber se seu filho fez hidroterapia ou natação? Pois pretendo focar o tratamento do Lucca na hidro. Acredito q as propriedades da água auxiliam muito mais rápido na recuperação.
    Sei q é td um processo até o “andar final”, mas coração de mãe é ansioso demais e nessa hr não tem faculdade, experiência e nada! rsrs

    Vc está de parabéns pelo post. E mto obrigada, pois vc nos ajudou mto!!
    Bjosss Deborah

  31. Coloque um post sobre como foi a recuperação e tratamento do Biel na fisio!
    Bjos

  32. [...] fiquei de postar sobre como foi a recuperação depois da retirada do gesso. E peço desculpas por não ter feito isso antes [...]

  33. Boa Noite,

    Maravilhosas suas dicas! foram imprescindiveis e salvaram nosso desespero!No dia 13/01/2013 meu filho com 2 anos e 10 meses também quebrou o fêmur, tropeçando em uma mochila que estava no chão…Para aqueles que tem filhos homens, uma dica que deu certo com o meu foi usar um piniquinho, mesmo usando fralda ele avisava que queria fazer xixi, então abria a fralda, colocava o pinico(tem que ser pequeno) no meio das pernas e segurava o pipi (para alcançar o pinico) enquanto ele fazia, dessa forma a fralda não molha e nem o gesso..Meu pequeno ficou exatos 45 dias com o gesso, no começo é bem complicado para eles, afinal é uma situação de imobilização, o que crianças não estão acostumadas, mas ao longo do tempo se torna comum para eles, a capacidade de adaptação é incrivel, eles realmente se acostumam..Filmes, DVD’s com música e uma idéia que tivemos foi a de colocar uma bandeja (tipo essas de cafe da manha na cama, com pezinhos), que ficam bem na altura deles “sentados”, então dávamos livros para colorir, massinhas, carrinhos, etc…No final ele já andava no chão com a força dos braços, se arrastando, e achava o máximo!Chegou até a levantar do chão se apoiando no sofá e ficou em pé!Para quem ainda tem carrinho de bebê é uma ótima opção mesmo, pois eles encaixam e conseguimos passear, na cadeirinha do carro também ficava muito bem instalado…
    Desejo muita força a todos que estão passando por essa situação e afirmo, tudo isso passa mais rápido do que imaginam e em breve seus pequenos já estarão recuperados!
    Hoje faz 1 semana da retirada do gesso, talvez por ele ser um pouco maior, no primeiro dia que tirou à noite, já estava sentando, segundo dia já engatinhando, porém sem encostar muito o joelho da perna fraturada no chão (aliás sentem dor por alguns dias, afinal é muito tempo imobilizado, mas é nomal), hoje ele já dá alguns passos, mas não consegue se equilibrar..sinto que é pela diferença que ele ficou de uma perninha para outra e também por insegurança…Vou atualizando assim que tiver mais progressos…
    MUITA FORÇA A TODOS E BOA SORTE!
    Um grande beijo

  34. Olá Marília e todas a companheiras de luta, acredito que todas nós somos heroínas, pois não foi fácil o que todas passamos… O meu filhos com 1 anos e 9 meses levou um tombo também tentando chutar uma bola, caindo de mau jeito o que resultou numa fratura de fêmur muito grave. Só que o gesso normal não durou uma semana já rachando e fazendo feridas nele. Ao procurarmos uma especialista ela nos aconselhou colocarmos um gesso sintético que custa umas 10 vezes mais caro que o comum, mas valeu a pena, pois é muito mais higiênico, leve, menos quente, muito mais sólido e mais resistente a água e ao manuseio. Ele voltou ao Centro Cirúrgico e foi sedado novamente e saiu de lá bem parecido com o Biel, mas sem a pau na frente. Completamos um mês essa semana, mas a médica orientou que ele ficasse com esse gesso por um mês e meio e depois só na perna fraturado por mais uma mês, ou seja, dois meses e meio de tratamento. Graças a Deus é só por um período e tudo passa. Ele chorou muito durante duas semanas nas quais dormiamos a noite muito mal, mas agora já está mais acostumado… A fase agora é outra: das “aprontações,” ou seja, das artes… Desce do colchão se arrastando, tira a fralda, dança balançando os braços e do joelho para baixo da perna boa e assim vai não o podemos deixa-lo só nem por um minuto. A médica disse que ele também não vai precisar de fisioterapia e que ele irá mancar por um tempo, mas depois voltará ao normal e que assim seja, se Deus quiser. Abraços. Luciana. Dúvidas podem entrar em contato no meu e-mail: lumema769@hotmail.com .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 727 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: